Palavras de Alento

28 de abr de 2012

A história secreta da Mulher Só e do Homem Sem Tempo

Capítulo XXXVI

Após uma semana tumultuada, o Homem Sem Tempo cogitou tirar férias. Sentia-se esgotado. Casado de si e da própria vida. Sorriu, pensando na possibilidade de retornar a Barcelona para rever sua amada. Mas suas obrigações o sufocavam. Não poderia entrar em férias naquele momento. Havia pacientes em acompanhamento e ninguém para substituí-lo.
Adentrou o consultório e ligou o computador. Em casa tornara-se impossível manter qualquer tipo de contato com a Mulher Só. Sua Esposa estava sempre atenta, notando cada passo seu. Abriu seu correio eletrônico e viu uma mensagem dela com o seguinte título: 
AMOR palavra que liberta.
Apoiou os cotovelos sobre a mesa, e o queixo sobre as mãos cruzadas. Não precisava ler aquilo, já sabia o que continha ali. Ainda assim o fez, com o semblante transtornado.
 Custei muito a tomar essa decisão, e preferi informá-lo por e-mail, porque não quero correr o risco de ouvir sua voz ou olhar nos seus olhos e desistir. 
Você já deve saber do que se trata, deve imaginar que, iniciando um e-mail assim, só posso estar falando do nosso fim. Talvez nem seja o fim, talvez seja uma pausa. Ocorre que eu não estou mais disposta a dar continuidade à essa nossa história.
Continuemos amigos, se for possível. Amantes mais não!
Definitivamente, não tenho vocação pra esse tipo de relação. Houve uma época em que eu foi bom esperar por você, por seus telefonemas e e-mails. Mas estar em segundo plano na vida do homem que eu amo, é coisa que não quero viver nunca mais.
Perdi o controle, fui longe demais.
Não digo com isso que deixei, ou vou deixar de amá-lo. Mas descobri que, se for pra dedicar meu amor a alguém, que seja alguém que esteja perto de mim, que seja presente.
Sinto muito, sei que não querias isto, mas estou sendo extremamente verdadeira contigo. E foi bom ter tomado essa atitude agora, antes que essa nossa história vá mais longe. Preciso deixar você viver a sua vida, sua família, seu trabalho, seus projetos.
Quero que sejas muito feliz, eu o amo muito, do contrário não teria estado nessa relação até hoje. 
Perdoe se achas que sou fraca, talvez seja mesmo, mas acredito que estou protegendo a todos.
Estou nos libertando!
Um abraço!”
Resignado, ele fechou a página da internet e interfonou para a secretária:
- Mande entrar um paciente.

To Be Continued

10 Recadinhos

Lívia

comentou...

acabou mesmo??? Poxa, perdi mtos capítulos. Ah vou ler tudo agooooora!
rsrsrrs

28 de abril de 2012 14:27
Responder
A viajante

comentou...

Vida que segue... nada é para sempre. Então...

28 de abril de 2012 19:35
Responder
Sissym

comentou...

É triste, mas ontem ouvi uma hhistoria semelhante. Acho que é comum entre os mortais.

Bjs

29 de abril de 2012 18:25
Responder
Carol

comentou...

Cê que a mulher só tá coberta de razão? Ficar em segundo plano na vida de quem agente ama? Jamais!

29 de abril de 2012 23:15
Paty Michele

comandando... ♥

alguém aguenta isso, Carol?

bjo

30 de abril de 2012 17:02
Responder
Mãe Mochileira,Filho Malinha

comentou...

Fiquei curiosa nos outros capitulos,rsss...
Cade? :)
Bjs e boa semana,vou procurar aqui o restante! :D

30 de abril de 2012 16:19
Paty Michele

comandando... ♥

ana, são 35... haja fôlego!

bjo.

30 de abril de 2012 16:56
Responder
Antônio Aruanda

comentou...

Atitude correta! "Fila anda".

30 de abril de 2012 16:59
Responder
Vera Lúcia

comentou...

Oi Paty,

Tenho minhas dúvidas quanto a ele ter aceito este rompimento.
Por outro lado, espero que ela se mantenha firme em sua decisão, pois não dá para ser "a outra"
na vida do homem quem amamos. Segundo plano, "never".

Beijos.

2 de maio de 2012 00:11
Responder
Luiz

comentou...

A MS teve uma atitude digna. Assim a vida se renova.

6 de maio de 2012 22:53
Responder

Postar um comentário

Se impressionou? Então me conte!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...