Palavras de Alento

2 de out de 2011

Tiozão (ou Titio Dão)

Hoje estaremos reunidos, comemorando o primeiro aninho de Guelé. Guelé é como carinhosamente chamamos o pequeno Miguel, filho mais novo de meu querido primo-irmão Lory e de sua amada Camila.
Crístian viu Miguel nascer, embora não tivesse tido a chance de conviver com ele como o fez com Bento, João e demais crianças da quinta geração da nossa família. 
Lá se vão sete longos meses desde a sua partida e ainda sentimos muito a sua ausência, mas hoje não é dia de tristeza, não é dia de chorar. Sentiremos saudades sempre, pois nada pode substituir sua presença forte entre nós. Mas o trazemos em nossos corações, então vamos comer nosso caruru e cantar parabéns pra Guelé como titio Dão faria se ainda estivesse aqui conosco.

Muitos anos de vida e saúde para Miguel!


Pra ilustrar o post eu escolhi essa foto de Crístian carregando Bento e João (irmão de Miguel), quando os dois tinham apenas 8 meses. Ele amava profundamente essas crianças e costumava divertir-se muito com os pequenos.

7 Recadinhos

A viajante

comentou...

Caruru?? Ai, que delícia! Boa farra!! Queria estar entre vocês...estou entre textos e livros e planejamentos... e claro, uma pausa para prestigiar novos posts dos queridos, como vc! Bj, amiga...boa festa pra Guelé!

2 de outubro de 2011 10:27
Responder
Luiz

comentou...

A festa foi ótima! Com certeza a energia dele esteva lá presente. Beijos

2 de outubro de 2011 20:49
Responder
Jeanne Muniz

comentou...

Lá vem vc me fazer chorar... o dia foi gostoso e em muitos momentos me peguei pensando nele. A mansidão de tio Edypolo é incrivelmente semelhante ao jeito de TiDão.

2 de outubro de 2011 21:58
Responder
Van

comentou...

Momentos mágicos em família. Como é bom comemorar a vida, a união familiar, o afeto e o carinho que nos sustenta sempre.

Que Deus abençoe sempre o Miguel.

Beijos Paty!

3 de outubro de 2011 09:41
Responder
Marcelo Pirajá Sguassábia

comentou...

Comovente e sensível. Meu beijo e minha admiração, Paty.

3 de outubro de 2011 13:24
Responder
Paty Michele

no comando :)

Ju, o convite eu fiz, lembra?

Luiz, a energia dele estava lá sim, sobretudo nas trocas de olhares...

Irmã, a última coisa que quero nessa vida é fazer-te chorar... E tio Edypolo me desconcerta, com tanta semelhança.

Van, é isso mesmo. É isso que nos sustenta!

Marcelo, obrigada pela presença e pela admiração. Saiba que é recíproca.

bjs a todos

3 de outubro de 2011 19:18
Responder
Vera Lúcia

comentou...

Olá querida,
Celebrar a vida é sempre uma benção, ainda que nossos corações ainda derramem lágrimas de saudade pelos entes queridos que já se foram. Afinal, os que ficaram devem ter seus momentos de alegria comemorados.
Beijos.

10 de outubro de 2011 18:51
Responder

Postar um comentário

Se impressionou? Então me conte!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...