Palavras de Alento

6 de mai de 2011

Os Embalos de Sábado à Noite

Faz tempo que o meu embalo sábado à noite é num quarto, acompanhada por uma criança que adora dormir abraçadinho à mamãe, mas que antes de render-se ao sono, dá centenas de pulos na cama. 
Já não consigo mais embalá-lo, devido aos seus quase 15kg, mas sem dúvida tenho adentrado muitas madrugadas acordada, seja aferindo sua temperatura, em tempos de crises de garganta, ou levantando-me para levá-lo ao banheiro, de modo que não acordemos, imersos numa poça de xixi, como já aconteceu algumas vezes.
Nunca entendi o porquê da frase: "Ser mãe é padecer no paraíso", até ser mãe, claro!
Padecemos sim. São noites em claro ninando, amamentando, depois desmamando, depois tirando a fralda noturna, sem falar quando estão doentes e temos que faltar ao trabalho, porque nada substitui a presença da mãe quando um filho adoece. 
As preocupações são infinitas: se comeu bem, se está se desenvolvendo normalmente, se cortou o cabelo, se foi maltratado pela babá, se brigou com algum coleguinha na escola, se está fazendo birra, se fez malcriação com a vovó... Hoje denominaram-me "mãe enxaqueca", e nem vou explicar porquê...
E o paraíso? O paraíso existe, claro. É quando você olha aquele rostinho e sente uma paz enorme, percebe que valeu a pena e que faria tudo de novo, porque vê-lo correr na sua direção, adormecer em seus braços e dizer "eu te amo" de forma espontânea, deve ser exatamente o tal paraíso da mãe.

Queria desejar às minhas amigas que já são mães, um excelente dia, na companhia de suas preciosidades.
Às que ainda não experimentaram a sensação de ter seu coração batendo noutro corpo, eu desejo que o desejo de vocês se torne realidade, e que vocês não tenham medo, porque o amor é uma coisa boa. E esse amor é o mais puro e real que pode existir.
Às minhas avós (onde tudo começou), tias, madrinha, prima, irmã, sogra, cunhada e às mães de meu queridos amigos, os meus sinceros parabéns pelos seres humanos incríveis que vocês trouxeram (ou ainda estão trazendo) ao mundo.
E por fim, mas não menos importante, à minha mãe, que recentemente sofreu a dor que dói mais, que é a de perder um filho, e portanto esse Dia das Mães não será o mesmo para ela. O meu muito obrigado pela vida toda, mãe, e o meu pedido para que fique mais perto de nós, porque, além de tudo, a vovó quebra um galhão quando a mamãe precisa sair pra curtir um embalo no sábado à noite.

Um dia lindo a todas nós!

9 Recadinhos

Luiz

comentou...

É a segunda vez que você faz rolar aquela água salgada pelo canto dos meus olhos no dia de hoje. Linda homenagem! Aproveito para parabenizar as lindas mães da sua família e a você, uma mãe de muita luz. Muita Paz!

6 de maio de 2011 22:57
Responder
Kátia Tourinho

comentou...

Amiga, lindo post!
Nada se compara a este amor incondicional.Quando nos tornamos mães, tudo em nossa vida se transforma.
Amei o "mãe enxaqueca", é a sua cara...rsrsrs

Um lindo Dia das Mães, repleto de muito carinho e amor, junto ao seu lindo Bento.

Bjs para vc,sua irmã e um bem especial para sua mãe

7 de maio de 2011 09:34
Responder
Eu, Eu mesmo e vocês

comentou...

Feliz Dia das Mães Paty!
Tive a oportunidade mesmo que distante de acompanhar todo seu crescimento de ser mãe, e te parabenizo por ser mãe de uma criança tão fofa como Bento!
E saiba que o desejo de acontecer ser mãe um dia, com certeza existe no meu coração e eu não tenho medo disse nem um só momento, assim como você não teve medo de ser mãe de Bentinho Lindo...bjs minha flor! Gosto muito de ti Mãezinha Enxaqueca de Bentinho Enxaquequinha...rsrsrs

7 de maio de 2011 11:10
Responder
Paty Michele

no comando :)

Luiz, há duas mães lindas perto de ti, que eu tbm adoro.
Kátia, esse foi o título que recebi das nossas colegas de trabalho ontem pela manhã.
Paulinha, vc com certeza será uma mãe muito linda, fofa e meiga. Feliz da criança que vier a nascer de seu ventre, amiga!

7 de maio de 2011 11:15
Responder
Eu, Eu mesmo e vocês

comentou...

Não me faça mais chorar please.....rsrsrs

7 de maio de 2011 11:19
Responder
A viajante

comentou...

Apesar de não padecer no paraíso, sendo mãe, estou no paraíso...tenho uma mãe lindona, saudável, que morro de saudade por morar longe...viajei incansáveis quilômetros e ela está aqui, ao meu lado, feliz da vida! Paraíso, é o nome. Feliz dia das mães, Patiinha!!!

7 de maio de 2011 11:36
Responder
Antonio de Aruanda

comentou...

Que coisa mais linda! Que texto sublime... O que admiro em você, irmã, como mãe e como pessoa,é que consegue ser extremamente sensível sem ser piegas. Feliz Dia Seu!

7 de maio de 2011 15:48
Paty Michele

comandando... ♥

Adorei esse elogio!

;)

16 de março de 2012 23:11
Responder
Ulisses Reis ®

comentou...

Parabéns voce consegue com teu Blog deixar para nós uma riqueza que é da essência da mulher madura e batalhadora, fico feliz mesmo distante em te conhecer e que a tua luz emane sempre esses maravilhosos escritos do teu cotidiano, tenha um domingo lindo e tudo de ótimo para voce e tua preciosidade, beijos!

15 de maio de 2011 12:19
Responder

Postar um comentário

Se impressionou? Então me conte!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...