Palavras de Alento

13 de ago de 2010

Quem de direito

Nunca gostei de estudar leis. Nunca quis lidar com processos ou resolver problemas alheios. Em suma, nunca me senti atraída pelo Direito. Todavia, isso não impediu que eu atraísse, ou me sentisse atraída, por advogados.

Foram encontros, desencontros e reencontros com os tais doutores que não têm Doutorado. Passado, presente e (quiçá o) futuro marcados por relacionamentos com homens da lei.

Um amigo, coincidentemente, advogado também, diz que quando eu quero paquerar, ao invés de ir a um barzinho, ou à balada, vou ao fórum. Outra amiga acha que eu devo ter algum fetiche inconsciente com gravatas, paletós e becas. Maledicentes!

A minha teoria é que existem cursos de Direito demais em Salvador, despejando semestralmente toneladas de advogados no mercado (nos barzinhos, nas baladas...).

Na verdade, existe uma tendência das pessoas se relacionarem com profissionais da mesma área. Isso explica porquê artista casa com artista, médico com médica, jornalista com jornalista...

E é exatamente aí que residem os problemas das prózinhas: A parcela da população masculina graduada em Pedagogia é pequeniníssima (e se formos considerar a orientação sexual da maioria, esse número cai bastante). Só nos resta apelar para as carreiras que mais atraem o público masculino, e na minha opinião, a preferida é o Direito.

Não sei. Não descobri se há mesmo uma relação entre o meu desejo e a profissão deles. Só sei que gosto de homens inteligentes, de personalidade e sobretudo, de atitude! Agora, se são policiais, médicos, professores ou advogados, é mera coincidência.

Culpa dos cursos de Direito!

5 Recadinhos

Carol Fonseca

comentou...

Advogados também me atraem... muito.

13 de agosto de 2010 22:12
Responder
Luiz

comentou...

E vamos ao Habeas Corpus. Rs. Beijos meu bem.

13 de agosto de 2010 22:46
Responder
Kátia Tourinho

comentou...

É amiga, pessoas inteligentes se atraem mesmo, independente de profissão. Então, aproveite bastante essa sua fase com quem de Direito...rsrsrsrs Bjssssssssssssss

14 de agosto de 2010 13:11
Responder
A viajante

comentou...

amor não tem profissão...amor não tem preferências, amor não tem carreira...amor é amor, simples assim...

15 de agosto de 2010 16:32
Responder
Sheila

comentou...

É mocinha!!! Se os homens inteligentes( a maioria) estão noc cursos de Direito? Fazer o que né? rss. Já tive esta fase também mas mudei de curso aliás, de cursos, rsss. E viva o Direito!!!!!!

20 de agosto de 2010 15:25
Responder

Postar um comentário

Se impressionou? Então me conte!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...