Palavras de Alento

13 de fev de 2011

A história secreta da Mulher Só e do Homem Sem Tempo

Capítulo XXI
“De repente fico, rindo à toa, sem saber porquê...
Me vem a vontade de sonhar de novo te encontrar
Foi tudo tão de repente, eu não consigo esquecer
E confesso tive medo, quase disse não!”

Ela gargalhou e aumentou o volume do aparelho de som. Estava cantando alto, imensamente feliz. Nunca aquela música de Maria Bethânia, que ouvira tantas vezes quando morava no Brasil, tivera tanto significado quanto agora, que coincidentemente tocava numa rádio FM local.
Eram 8 da noite e ela acabara de chegar em casa, após ter pego o trem de volta a Barcelona. O sorriso bobo estampado no rosto denunciava que algo muito bom havia acontecido. A Garota Francesa adentrou o quarto, eufórica, querendo saber de todos os detalhes.
A Mulher Só lhe enviara uma mensagem de texto pelo celular assim que chegou à estação de trem, dizendo-lhe que após o almoço com o Homem Sem Tempo, haviam se beijado. Ela queria detalhes.
- Foi só um beijo! – tentou minimizar o acontecimento, mas seus olhos e seu sorriso diziam o contrário
- Como foi só um beijo? E alguém fica nesse estado apenas por causa de um beijo?
A Garota Francesa lhe advertira quanto aos problemas de se envolver com um homem casado, mas vibrava com essa possibilidade. Ficara sabendo da história numa noite de bebedeira das duas em casa, e não entendia como aquela sucessão de desencontros poderia ocorrer em pleno século XXI. Por experiência própria, aconselhou a amiga a ser cautelosa e se proteger. Mas a Mulher Só sabia que agora não podia mais recuar. Chegara até ali e deixaria que o destino se encarregasse de desenrolar aquela história deliciosamente complicada em que se envolvera.

9 Recadinhos

Kátia Tourinho

comentou...

A Mulher Só está certa mesmo...rsrsrs Deixar que o destino resolva essa sucessão de desencontros e aproveitar os momentos de encontro, mesmo que seja só com beijos...rsrsrs
Mas, espero q8ue no próximo encontro as coisas esquentem mais...rsrsrs
Bjssssssssssssssssssss amiga

13 de fevereiro de 2011 19:43
Responder
Luiz

comentou...

Complicada e perfeitinha...

13 de fevereiro de 2011 21:31
Responder
Carol Fonseca

comentou...

haaaa,mas eu adoro essa história, viu....

13 de fevereiro de 2011 23:07
Responder
A viajante

comentou...

Moça, mas será que a mulher só quer estar menos só? Parece que sim...risos...bj

14 de fevereiro de 2011 01:12
Responder
Paty Michele

no comando :)

Kátia, aposto que vai esquentar sim!

Luiz, ela não é tão complicada assim, a vida dela que é!

Carol, e quem não gosta? (modéstia à parte!)

Ju, apesar de ser só, ela não gosta dessa condição.

bjs a todos

14 de fevereiro de 2011 17:27
Responder
Antonio de Aruanda

comentou...

Regras foram feitas para ser quebradas - Viva La Mujer Sola!

15 de fevereiro de 2011 21:17
Responder
Sheila Carine

comentou...

Acho que devemos deixar as coisas acontecerem a cargo do destino. Porém, tambem acho que sempre devemos dar um empurraozinho para que as coisas aconteçam mais rápido......E não deixar somente a cargo do destino: ele já tem uma carga pesada demais, rsss

16 de fevereiro de 2011 23:04
Responder
Raquel Almeida

comentou...

Amo essa historia , acho que a mulher só está certa, como diz minha colega Sheila devemos deixar o destino nos levar o importante é ser FELIZ.

20 de fevereiro de 2011 14:03
Responder
Lívia

comentou...

paixão é assim, faz a gente rir a toa.

31 de maio de 2011 15:38
Responder

Postar um comentário

Se impressionou? Então me conte!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...