Palavras de Alento

16 de ago de 2012

Das dores da vida #2

Eu sou assim desde sempre, quando alguma doença aparece, paro e penso em tanta coisa...  basta ficar de cama, para que um turbilhão de pensamentos invadam minha mente. 
Nesses últimos dias não foi diferente. Fico pensando se eu me isolei do mundo, ou se todo mundo anda ocupado demais pra se preocupar com os outros. Será que estou faltando com os meus amigos, com a minha família? Percebo que estou sempre mais próxima dos colegas de trabalho, do que dos amigos de verdade, aqueles a quem amamos, mas mal tempos tempo pra vê-los, pra conversar, saber como vão as coisas, sem superficialidade. E colegas de trabalho acabam virando grandes amigos, próximos, conhecedores de nossas dores. Ainda bem!
Com a disseminação das amizades virtuais, curtir um status no Facebook virou sinônimo de se importar com o que o outro pensa ou sente? Em tempos de telefonia celular a preço de banana, quanto custa fazer uma chamada? Quanto custa demonstrar interesse pelo outro? Ou isso está em desuso?
Esses dias frios e cinzentos trouxeram uma tristeza danada e uma enorme sensação de abandono. Poucas pessoas sabem pelo problema de saúde que passei nesses últimos dias. Não quis contaminar o blog com minha melancolia, nem desabafar aqui a minha dor, mas agora que passou eu falo: Não foi só uma gripe. A gripe ainda está aqui, tentando ser controlada, porque a princípio eu não pude tomar as medicações necessárias para combatê-la. Eu estava grávida. Grávida de um bebê que não se desenvolveu, embora tivesse ficado por 11 semanas em meu ventre. 
Essa (outra) perda deu um nó na minha cabeça, porque quem acompanha as coisas por aqui, sabe que no ano passado eu também já havia perdido um bebê. Mas Deus é quem sabe de todas as coisas e não cabe a mim questionar o porquê desses filhos não vingarem. Cabe agora fazer as investigações necessárias e ver se será possível ou não continuar acalantando o sonho de aumentar a família.
E quanto aos ausentes, esperar que retornem, porque meus braços e abraços estão sempre abertos àqueles que amo.

38 Recadinhos

Vanda Ferreira

comentou...

Minha amiga querida e blogueira de parceirada!!
Eu desejo tudo de melhor pra você minha flor, as pessoas que conhecemos aqui nos blogs quase que fazem parte da nossa vida, é uma forma também de relacionamento, de simpatia...
Creio que destinados somos mesmo!
Tudo vai ficar bem, acredite, com a idade que estou e com a experiência que a vida está me dando posso te dizer: O sol nunca deixa de brilhar, basta que a gente abra as portas e janelas e deixe os raios dele nos aquecer!!

Beijo \___________o__________________/ e abraço desse tamanhão!

16 de agosto de 2012 16:56
Paty Michele

comandando... ♥

Amiga, sei do seu carinho. Os amigos virtuais estiveram mais presentes que os reais, sem nem saber ao certo o que se passava.
Seu abraço chegou aqui, bem quentinho.
;)

16 de agosto de 2012 17:10
Vanda Ferreira

respondeu...

Beijokas estadalinhas e o que precisar, estou por aqui, por esses caminhos da web...

16 de agosto de 2012 17:14
Responder
Kitty Fane

comentou...

Um grande beijinho diretamente de Portugal. :-)

16 de agosto de 2012 17:01
Paty Michele

comandando... ♥

Miss Kitty Fane deixando seu carinho no meu blog é realmente digno de uma festa.

beijinhos pra vc tbm!

16 de agosto de 2012 17:26
Responder
Anônimo

comentou...

Paty, nós sentimos muito o que aconteceu.Até ligamos para sua mãe para saber do seu estado de saúde.Não sei o motivo pelo qual Deus estar te testando tanto, a única coisa que posso dizer é que você é muito importante para todos nós e quando a fatalidade te acomete,nos apanha juntos também.Nós te amamos!!!Elaina Maria

16 de agosto de 2012 17:10
Responder
A viajante

comentou...

Patiinha, embora distante, tento estar presente, em tempo integral, se possível. Você faz parte da minha família, e da família de amigos que, infelizmente, pelos revezes da vida, ficaram distantes fisicamente. Se eu pudesse, estaria aí do seu lado, pra te dar um abraço e ficar em silêncio. Porque me parece que é de silêncios que ganhamos significados. E se sente os amigos ou familiares em silêncio, tente perdoá-los e faça barulho você. Diga coisas como "te adoro", "estou com saudade" "quero te ver hoje" "some não que você faz falta". Somado a todas essas coisas que acabei de dizer repito "vem pra cá, que eu te ajudo a repensar a vida, entre goladas de agua de coco, dos coqueiros altos daqui. Te espero, nem precisa avisar. Venha. Eu acho que vai engravidar e ter outro filho ao mesmo tempo que eu,assim, ficaremos ainda mais unidas, pelas "dores e sabores do parto". Beijo, te amo!!!

16 de agosto de 2012 17:25
Paty Michele

comandando... ♥

Amiga, desculpa tbm por não estar atenta ao que se passou contigo. Mas é que essa gravidez foi complicada desde o início e eu preferi me recolher. Pouca gente sabia. Me senti triste mesmo com a ausência de alguns, mas é isso que vc falou, eu tenho que correr atrás tbm.
Um bjo e vamos que vamos nesse projeto de gravidez coletiva. kkkkkkkk

16 de agosto de 2012 17:30
Responder
Pri S.

comentou...

Poxa, Flor, que barra... :-(

Impressionante como se ouve falar hoje em dia sobre essa batalha pra levar a gravidez adiante. Vc não está sozinha... Esse mundo contemporâneo traz "efeitos colaterais" estranhos... Muda nosso metabolismo, nossos hormônios, não é fácil.

Sinto muito pela sua perda. Investigue as causas do corpo para ter paz de espírito. Mas as causas de Deus a ele pertencem e nos cabe manter a fé e os olhos abertos para todos os caminhos que se descortinam à nossa frente.

Fique bem, na medida do seu possível.

Beijos!

16 de agosto de 2012 18:38
Paty Michele

comandando... ♥

Pri, obrigada pelas palavras de carinho.
É essa dúvida entre o que é físico e o que é divino que me mata. Vou me cuidar, se não for da vontade do Pai, irei respeitar.

Um abraço.

16 de agosto de 2012 20:34
Responder
Cla

comentou...

Puxa Paty,

Que situação complicada, mas não fique chateada, acho que agitação do dia a dia faz com aconteçam essas situações, todos estamos propícios a isso.
Mas não se sinta só, você está em plena companhia de amigos e familiares, que se importam com você mesmo que pareçamos distantes.

Espero que você consiga realizar seu sonho.
Tenha uma excelente noite, um grande beijo.

16 de agosto de 2012 19:24
Paty Michele

comandando... ♥

Cla, meu anjo, vai ficar tudo bem por aqui.
Obrigada pelo carinho.
beijos.

16 de agosto de 2012 20:37
Responder
#*Marly Bastos*#

comentou...

Querida, sei como você deve estar se sentindo, mas como disse, Deus é sabedor de todas as coisas e se for pra vc aumentar a família vai aumentar sim, no momento de Deus.
Eu me lembro de vc ter relatado sobre a sua perda quando eu escrevi um texto sobre a maternidade, onde eu falei sobre a minha gravidez tão almejada e tive um parto prematuro e o bebe morreu. E uma parte da gente que morre junto, mas o poder da vida e morte não nos pertence.
Creio que realmente nos falta ânimo para uma maior afinidade com nossos semelhantes, falta confraternização, falta zelo... Sei lá, falta humanidade em muitos casos.
Se cuida querida, e ânimo pra vida que é maravilhosa, mesmo com os reveses que ela tem e as agruras que nos faz passar.
beijokas doces!

16 de agosto de 2012 21:35
Paty Michele

comandando... ♥

Lembro desse seu post, Marly, me emocionei mto com sua história.
Obrigada pelas palavras de conforto, viu.
Um abração.

16 de agosto de 2012 23:09
Responder
Ladie´s Bag

comentou...

Ô Paty, que triste!!! Mas como vc mesma disse, Deus sabe o que faz... Tudo tem seu tempo e o seu logo chegará. Não fique tristinha não...
O chato da vida é que você querendo tanto um filho e tanta gente ruim matando os seus. Aff!!! Fico revoltada!!!
E você tem razão, tem dias que sinto tanta falta de gente em carne, ultimamente é tudo tão virtual... Tão fácil fazer uma ligação né?
Mas tbm se não fosse esse mundo virtual eu aqui em SP irira me sentir mais sozinha do que já me sinto, é minha companhia diária...
Fique bem!!!
Bjos,
Pri

16 de agosto de 2012 21:38
Paty Michele

comandando... ♥

Pois é, Pri, penso nisso tbm. Tanta menina maluca fazendo aborto indiscriminadamente, passando por uma experiência terrível dessas sem o mínimo de sentimento.

Mas então, um telefonema faz falta, né?

bjo!

16 de agosto de 2012 23:17
Responder
Lidiane Franqui

comentou...

Paty,

Tem dores que só a gente sabe aonde dói e imagino que todas essas que passou nos últimos dias, por mais que sejam intensas, te trará o aprendizado necessário.
Que Deus abençoe você e seu filho que, por decisão desconhecida por nós, não pôde nascer. Deus sabe de todas as coisas e peço, de coração, que seus desejos de cumprir essa tarefa tão linda da maternidade venha se realizar novamente!

Desculpe-me de coração pelo sumiço. Fica a importante lição para nós e nos prova que virtual é sim tão próximo quanto o real.

Beijos!!!

16 de agosto de 2012 22:51
Paty Michele

comandando... ♥

Fica tranquila, Lidi, no virtual tbm é assim, a gente sente falta, mas nem sempre sabemos o que se passa com as pessoas.
Um beijão e obrigada pela atenção.

16 de agosto de 2012 23:18
Responder
Anônimo

comentou...

Eu sempre estarei por perto!!!Tem coisas q a gente nao precisa falar e outras q a gente tem q saber o momento...Ainda bem q existem momentos de superação e Incrível como a dor nos aproxima cada dia mais,porque nem um Oceano nem a falta de tempo é capaz de me desligar de gente como você!Conte comigo sempre!Bjs enormes,Su!

16 de agosto de 2012 22:52
Paty Michele

comandando... ♥

Su, eu sei do seu carinho e da sua amizade sincera. Tbm ando preocupada contigo, viu, vamos se cuidar pra espantar essa maré ruím!

Bjão, amiga.

17 de agosto de 2012 12:09
Responder
Vanessa Barbosa.

comentou...

Paty querida, sinto muito por esta perda, não posso dizer que sei como é sua dor, mas posso de coração afirmar que te ajudarei como for preciso pra que ela se amenize. Eu senti sua falta esses dias, pois você é sempre tão presente e carinhosa. Deus te conforte flor, e força que você ainda tem muita coisa pra viver e com certeza sua família vai aumentar, na hora certa. Vou orar por voce minha amiga, e como nós baianinhas dizemos, fique de boa negona, rsrsrs.
Muitos beijos ;*

16 de agosto de 2012 23:38
Paty Michele

comandando... ♥

Reza mesmo, adoro que rezem por mim!

Um beijão, negona, vou chutar a tristeza e trazer o sol de volta pra minha vida.
;)

17 de agosto de 2012 12:12
Responder
Sérgio Santos

comentou...

Puxa, Paty, nem imagino o que você sentiu e ainda está sentindo. Mesmo endo seu amigo virtual, pode contar comigo. Ante de eu nascer, minha mãe tb sofreu um aborto. Mas aí depois de um tempo eu cheguei e veja como sou legal! rsrs Vai acontecer o mesmo com vc, tenho certeza! Beijos!

17 de agosto de 2012 03:08
Paty Michele

comandando... ♥

sérgio, vou aguardar pra ver se terei a mesma sorte da sua mãe. De qualquer forma, já tenho um filho e só tenho a agradecer a Deus por tudo de bom que ele é.

Um bjão, moço.

17 de agosto de 2012 12:10
Responder
Vera Lúcia

comentou...


Paty querida,

Este seu desabafo tocou-me profundamente. Nesses momentos em que estamos mais fragilizados é que
dói em especial a ausência do abraço das pessoas próximas e queridas.
Pode acontecer que a gente mesmo se afasta destas pessoas, sem perceber, pela correria do dia a dia, e pode ser que muitos nem fiquem sabendo do momento ruim que estamos passando.
Não há rede social que possa suprir o carinho real.
Como acredito que Deus só permite o que deve realmente acontecer, desde que não estejamos agindo fora dos padrões, penso que também este filho que você perdeu não deveria vir ao mundo neste momento.
Você já foi abençoada com um filho lindo e saudável e não fique se preocupando com nova
possibilidade de engravidar. Faça os exames que tem que fazer e relaxe. No momento certo, se for de sua programação terrena, outros virão, desde que você esteja aberta para recebê-los.

FIQUE BEM, querida.

Estarei sempre aqui para quando você desejar desabafar ou conversar. Meu email está no blog.

Beijão.

17 de agosto de 2012 10:10
Paty Michele

comandando... ♥

Sabia que fiquei com muita vontade de conversar com vc?
Vou anotar o seu e-mail, é sempre bom ouvir uma palavra amiga, de quem sabe do que está falando.

Um bjão, minha querida.

17 de agosto de 2012 12:08
Responder
Adriana Helena

comentou...

Paty, lamento muito por tudo o que aconteceu com você querida! Desculpe, sei que nos conhecemos muito recentemente, ainda não firmamos laços de forte amizade, mas que será forte, à medida que nos conhecermos!

Já adorei você de cara! Você é uma menina sensível, batalhadora e sofredora também, como todas nós somos nesta vida.
Quem dera se a vida só pudesse nos fornecer momentos belos, felizes. Mas não é assim! Tem os dias negros, cinzentos... Todas nós passamos por esses dias. Você entrou em uma forte tempestade que deixou rastros incalculáveis, sofridos ao extremo.
Mas calma, agora é tempo das calmarias. Você é jovem, muito jovem! Poderá ter filhos mais tarde, pois tem tempo de sobra ainda querida! Agora é relaxar, superar esse doloroso e triste episódio e IR EM FRENTE!
Continuar com sua vida, sua família e amigos que estão te apoiando nesse momento! Você é privilegiada, nunca se esqueça disto e pode contar comigo, se eu puder ajudá-la, de alguma forma, estarei por perto sempre ok?

Um beijo querida, continua se cuidando muito tá? Um final de semana lindo para você!!!

17 de agosto de 2012 17:51
Paty Michele

comandando... ♥

Oi Adriana, tô me cuidando aqui, recebendo o carinho dos amigos virtuais, que estão se fazendo mais presentes que os reais. rsrs
Obrigada pelo carinho e pela sensibilidade na mensagem.

bjo

17 de agosto de 2012 18:55
Responder
Samanta Sammy

comentou...

Olá Paty querida, sinto muito pelo que lhe aconteceu...

Entendo que preferiu ter ficado mais reservada sobre isso, nestes momentos o importante é respeitar seus limites e vontades para poder se recuperar física e emocionalmente e aos poucos ir se fortalecendo.
Sei como é difícil este momento que está passando, pois alguém muito próxima a mim já passou por isso e realmente é algo que nos abate e traz muitas reflexões e tristeza pelas expectativas boas que criamos e pelo triste inesperado que acabou acontecendo.
Mas saiba que nós gostamos muito de você e respeitamos seu recolhimento, só não esqueça de que se sentir vontade de conversar, se abrir, se distrair, trocar experiências etc, estamos aqui de braços abertos para você :)
Tudo que precisar, não hesite em chamar, se eu puder fazer algo para lhe ajudar de alguma forma, seria uma alegria :)
Siga no seu ritmo, Deus lhe dará as forças necessárias neste momento para seguir em frente, e para compreender futuramente as razões pelas quais algumas coisas acontecem conosco...

Se cuide, e qualquer coisa, estou por aqui, não posso fazer muito de tão longe, mas ofereço a amizade, um ombro amigo e um contato virtual sincero de quem deseja seu bem :)
Um beijo no coração

17 de agosto de 2012 18:46
Paty Michele

comandando... ♥

Oi linda, que bom saber que posso contar com a força de vcs, sempre tão queridos e carinhosos. Já estou bem melhor e com certeza superarei mais essa. A vida é assim, né, se a gente não superar é muito pior!

Um beijão.

17 de agosto de 2012 18:57
Responder
Van

comentou...

Minha querida

Este é um momento de fragilidade, é natural que a tristeza e os questionamentos a invadam, mas sei que você sabe viver, sabe fazer das experiências tristes ou negativas, a mola apra aprendizados e novos rumos. Não será diferente desta vez, você investigará a causa das duas perdas, com certeza se tratará e irá ter a chance de aumentar a família, talvez seja só uma questão de tratar-se, receber algum medicamento que equilibre seu organismo, portanto não sofra muito antes de ter tudo esclarecido.

Fique bem e receba todo o meu afeto em um abraço que te mando em desejo real e imenso de acolhe-la e te ver bem.

18 de agosto de 2012 21:39
Responder
Sissym

comentou...

Estimada Paty,

Antes de ficar gravida de Laura, eu perdi um bebe no 3o mes de gestação. Somente neste momento que soube que era comum acontecer aborto espontaneo. Li e ouvi que a natureza é sábia, pois descarta numa seleção natural um óvulo mal fecundado. Lembre que algumas atrizes não esconderam do publivo que perderem os seus bebes. Isso não serve como consolo, eu mesma jamais esqueci de nenhum detalhe, mas acontece. Seis meses depois, eu estava gravida de Laura!

Então, não fique ansiosa, deixe a natureza agir, em breve vai acontecer o que deseja realizar.

Cuide de sua saúde! Logo vai estar otima!

BEIJOS

19 de agosto de 2012 00:39
Responder
✿ chica

comentou...

Paty, que pena e triste essa perda,porém, és jovem, tem muito pela frente e já tens um filho.

O que é teu está reservado e se for para acontecer, quando menos esperares, pinta outro . Mas fica bem tranquilinha, levando a vida normalmente.

Fica bem!! beijos,chica

19 de agosto de 2012 05:52
Responder
Bia Hain

comentou...

Oi, Paty. Imagino que passar por tantas coisas deve ter mexido um bocado com seus sentimentos e sonhos. Tem razão, são poucas as pessoas que ficam por perto, seja em momento de intensa felicidade, seja em momentos de intensa tristeza. Vou dizer aqui o que alguém já me disse, o blog é um espaço seu, não deixe de desabafar quando sentir vontade, porque assim pode receber o carinho dos amigos virtuais.

19 de agosto de 2012 11:45
Responder
Maria Adeladia

comentou...

Paty...! Sinto muito pela perda do seu bb! Deve ter sido uma dor imensa! Mas confie no Senhor, ore e peça forças, auxílio...relaxe e espero em Deus! Ele sempre nos abençõa!

Beijos querida.

19 de agosto de 2012 19:14
Responder
Claudia Guillen

comentou...

Nossa Paty que triste, mas fortalece esse coração e a cabeça, porque Deus não dá dores maiores do que agente pode suportar.
Vai chegar o dia que você vai dar colinho para um bebê lindo e saudável e seu coração vai ser cheio de alegrias!

Desejo tudo de bom para você, faz todos os exames, se cuida direitinho e estamos por aqui orando por você linda!
Fica com Deus!!
Cacau
http://www.cacau-makeup.blogspot.com.br/

19 de agosto de 2012 22:34
Responder
Naty

comentou...

Oi querida, sinto muito...
Mas fique tranquila, logo, logo Deus te envia mais um anjinho para você tomar conta. Tudo tem a melhor hora.
Fica com Deus e se cuida direitinho, tá?

Bejus

20 de agosto de 2012 22:43
Responder
Andréa Brasil

comentou...

Owwww, minha querida!!!
Fiquei atribulada e não estive por aqui. Agora leio e te desejo esse sorriso e superação que só vc pode ter!
Amiga, Sempre com vc!
bjim e otima semana,
Dé@

26 de agosto de 2012 19:37
Responder

Postar um comentário

Se impressionou? Então me conte!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...