Palavras de Alento

30 de jun de 2014

Diário de uma gravidez aos 41: dores e delícias da gestação

Àqueles que anseiam por notícias, vos digo: Ainda não nasceu!
A reta final é, sem dúvidas, a fase mais difícil. A mãe não pode fazer quase nada. É difícil andar, sentar, levantar, deitar, tomar banho e dormir é quase impossível. Mas mãe suporta tudo com resignação, na certeza de que está fazendo o melhor pro seu bebê.
E como já sei que nem tudo são flores numa gestação, listei 5 dores e delícias pelas quais passamos ao longo desses nove meses. 

Delícias:
  • a melhor de todas pra mim é ser paparicada. Primeiro porque, pelo meu gênio, ninguém se atreve a me paparicar. rsrsrs. Sou muito independente e despachada pra me deixar mimar, mas na gravidez é diferente, aceito de bom grado todo e qualquer mimo. E ai do ser insensível que não me fizer um agrado!
  • provavelmente quem não é mãe, já ouviu falar que sentir o bebê mexer é uma emoção única, maravilhosa, e é mesmo. Sentir que está gerando outra vida, que pulsa e cresce dentro da gente é divino. Não se compara a sentir com a mão na barriga de outra mãe.
  • preparar a chegada do filho, arrumar o quarto, as roupinhas, ficar imaginando-o ali no berço, seu rostinho... ah, não tem coisa melhor!
  • A mãe é quem precisa se abster de alguns hábitos como beber, fumar, come.r certos alimentos, perder noite e se estressar, mas acaba influenciando toda a família. Levar uma vida mais saudável, faz bem a todos. Aqui paramos de comer fora, dormimos mais cedo e como eu não posso ingerir bebida alcoólica, Preto também quase não tem bebido. 
  • Não há quem não aguarde ansiosa o dia da ultrassonografia. Além de saber se o bebê está bem,  ouvir o coraçãozinho batendo, dá pra visualizar a carinha, ainda que as imagens não sejam boas. É um momento lindo!
Dores:
  • Desde o quinto mês sofro com azia. Não é uma azia simples, é uma azia 24hs. A obstetra me receitou uma medicação, mas não funcionou. e com isso eu passo os dias de cara feia... e alguém pode ficar feliz com uma queimação constante no estômago? Agora na reta final essa situação piora muito, porque o bebê ocupa todos os espaços e o estômago fica do tamanho de uma maçã. Mesmo fracionando as refeições, ainda sinto o mal estar.
  • A uma altura dessas já me acostumei com as limitações físicas. Não poder pegar peso, não conseguir correr, subir escadas com dificuldades, falta de ar... até lavar os pés ou vestir uma calcinha fica difícil!
  • Exames e injeções. São três baterias de exames de sangue, o que pra mim é uma tortura! Se no resultado der anemia, lá vem mais injeção: cheguei a tomar dez ampolas para fortalecer o sangue! E ao final da gravidez ainda tem coleta de material na vagina e no ânus. Totalmente vexatório!
  • Montar o guardarroupa (agora se escreve assim #Estranho) de uma gestante não é barato! Principalmente porque algumas peças usamos apenas durante dois ou três meses. Mas o pior é sentir-se um balão dentro de qualquer peça. Eu fiz de tudo pra não engordar demais e consegui, porque sinceramente, não consigo lidar bem com excesso de peso (em mim).
  • Cansaço. Afff... sou muito ativa, detesto dormir de tarde ou sequer deitar fora de horário. Mas a gravidez nos deixa tão cansada que, em certos momentos, é necessário repousar. Eu trabalhei até o oitavo mês, portanto não tive tempo pra descansar de tarde. E mesmo agora que estou em casa, pesadíssima, só deito à noite pra dormir.
Ah, ter um dia de modelo fazendo o book da gravidez também é muito legal, embora cansativo. rsrsrs

15 Recadinhos

Patricia Galis

comentou...

Minha cunhada já esta entrando no 8 mês e esta assim tbm, coitada sabado fomos na minha irmã e ela teve que deitar de tanta dor que sente. Meu sobrinho esta muito grande e ocupando todos os espaços possiveis né...imagino memso como deve ser estranho, mas como disse tem muitas coisas boas..rs.
Só desejo que fiques bem, descance muito e aceite mesmo os paparicos vc merece, pq depois que nascer vai ficar em segundo plano né não....onde ir todo dirão ebaaaa o nenê chegou...e pobre mãe nada kkkkk eita mas é ótimo.

30 de junho de 2014 23:26
Paty Michele

comandando... ♥

É o caso de Amora, a médica sempre diz que ela é grande... puxou ao pai.
Mas essa fase final é mto chatinha, ainda bem que passa rápido!
Obrigada pelos seus votos, querida, um beijo.

1 de julho de 2014 14:08
Responder
✿ chica

comentou...

Que legal te ler, ver teus momentos bons, ruins e adoreia foto!Estás linda! Boa sorte nesse finalzinho e desejo um parto lindo e que o bebê nasça tri bem e seja bem facilzinho tudo! Boa sorte! beijos,chica

1 de julho de 2014 07:45
Paty Michele

comandando... ♥

Chica,
que os anjos do Senhor digam Amém a todas as suas palavras!
Obrigada.
bjs

1 de julho de 2014 14:09
Responder
Maria Adeladia

comentou...

PATY:Deve ser um momento único a gravidez de uma mulher!Ainda não sou mãe, mas sei que Deus ainda vai me presentear com esta dádiva!Fico imensamente feliz por você está feliz.Amo ver as pessoas bem.A felicidade do outro me transmite uma sensação boa.Lindinha, estou ansiosa para ver sua princesa.Acho que todo o período da gravidez é uma delícia! Dar para sentir a sua contentação.Bjs e que Deus cuide de você e sua família.

1 de julho de 2014 12:34
Paty Michele

comandando... ♥

Oi Adeladia
Tbm sou assim, fico feliz em ver as pessoas que eu gosto felizes.
Eu desejo sinceramente que vc tenha mesmo seu filho(a). Acho que toda mulher (que deseja ser mãe) deveria ser presenteada por /deus com essa dádiva maravilhosa, que é gerar seu próprio filho.
Assim que der eu dou notícias novamente.
Um beijão.

1 de julho de 2014 14:17
Responder
Anne Lieri

comentou...

Paty,que legal fazer um book da gravidez!Hoje em dia tem tantas coisas diferentes nessa fase,adorei! E tb sua lista está perfeita. Tb senti muito enjôo durante toda gravidez. Dizem que é porque a criança tem bastante cabelo e minha filha nasceu bem cabeluda!...rss...será que a Amora vai ser cabeluda tb? Bjs e que chegue loguinho essa menina!

1 de julho de 2014 19:40
Paty Michele

comandando... ♥

Sabe que não tive enjôos, Anne?
Graças a Deus! Sofri demais com a azia e o refluxo agora na reta final.
Mas vc disse bem, fazer o book é ótimo, fiz de Bento e repeti a dose com Amora. As fotos ainda não ficaram prontas, quando ficarem posto aqui.

Um beijo.

1 de julho de 2014 21:42
Responder
Sérgio Santos

comentou...

Aê, Paty, teve dia de modelo. Mt chique. E os prazeres devem ser experiências únicas mesmo. Mas essas dores, asias, cansaço e eteceteras que vc sente devem ser difíceis. Bjs e que venha com muita saúde. Amora e Bento, essa dupla promete. bj

1 de julho de 2014 23:05
Responder
Sissym Mascarenhas

comentou...

Paty,

Nunca tive azia na vida até que engravidei. Lá pelo 4 mes... nossa... que horror... foi por toda gravidez. Não havia nada que passasse. Depois fiquei uns 2 meses normal e hoje em dia qq coisa é motivo para vir e é com tudo. O medico me confortava dizendo que era sinal que nasceria com muitos cabelos. Nasceu, muitoooo mesmo. Linda. Hoje em dia preferia que ela nascesse carequinha como muitas crianças e eu nunca tivesse azia. rsss....

Bjs

2 de julho de 2014 17:29
Responder
ONG ALERTA

comentou...

Tudo de bom para melhor fase de tua vida....luz.
Beijo Lisette.

2 de julho de 2014 21:26
Responder
Bia Hain

comentou...

Paty, que delícia de post!! Quando li seu comentário no blog pensei, "será que já nasceu"? E aqui está a resposta. Eu acho que se engravidasse de novo também gostaria de ser paparica, assim, não ficaria insuportável, mas gostaria de carinho, de mimo... citou tão bem as delícias e as dores da gravidez! Olha, eu só tive azia na vida, kkk, depois dos cinco meses de gravidez até ganhar. Para mim funcionava tomar um copo de leite gelado um pouco depois das refeições, mesmo não apreciando leite cru tomava porque aliviava bastante. Quem sabe ajuda pra ti? Se cuide, um abraço!

2 de julho de 2014 23:28
Responder
A Viajante

comentou...

Me cansei e me animei, me animei e me cansei... nossa... acho que nasci pra ser Tia Ju, pois é uma tarefa só de delícias!!! risos... louca pra conhecer Amora e te fazer mimos, Patiiinha!!!

Beijo e boa sorte!!

5 de julho de 2014 18:50
Responder
Kakau com Limão

comentou...

É uma fase deliciosa e cansativa, não? Mas é a coisa mais linda.
Ler seu post me fez voltar um pouquinho no tempo e relembrar estes momentos mágicos.
E vai contando pra gente...

Bjoks

11 de julho de 2014 11:56
Responder
Sheila Carine

comentou...

Oi amiga

Que lindo este post. Me deu uma vontade doida de passar por estas dores e delicias que você passou. Um dia chego lá!!!
Beijo grande
PS: Você tava muito linda de modelo!

14 de julho de 2014 22:10
Responder

Postar um comentário

Se impressionou? Então me conte!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...